terça-feira, 21 de abril de 2015

Noite e serenidade

Entre os 2 e os 4 anos é normal que as crianças tenham mais medos no período nocturno e por isso procuram lidar com eles tentando fugir do adormecer, deitar no quarto e sobretudo ficarem sozinhos.  É  muito importante lidarmos nós, adultos sem medos da noite, de uma forma
tranquila, confiante e firme. Ou seja, não faz sentido zangarmo-nos com uma criança que ainda não sabe lidar com estas emoções. Há que transmitir-lhes toda a confiança de que aquele momento é bom para ambos, é necessário e pode parecer complicado mas ultrapassa-se.  Primeiro que tudo é fundamental perceber se as rotinas e  horários estão estabilizados : perceber se o intervalo que fazem de sesta é suficiente e se estão realmente com sono à hora de deitar, mas não tão cansados que estejam irritaveis e rebugentos... Depois há que ter tempo e disponibilidade para estabelecer uma rotina de relaxamento e acalmia : vestir o pijama com calma, lavar os dentes, deitar tranquilamente com uma luz suave no quarto, contar uma história agradável e suave (sem grandes dramas ou aventuras entusiasmanres), cantar uma pequena canção em conjunto, para não focar no medo, mas sim na agradável sensação de ir adormecer e sonhar. Se for necessário não há problema nenhum nos primeiros tempos (podem ser dias ou semanas) ficar sentada/o na cama da criança até ela adormecer. Se nos deitarmos ao lado pode dar-lhe a expectativa de que vamos ficar a dormir ali e quando acordar sozinha durante a noite provocar um retrocesso na confiança dela. É um processo muito específico de cada criança, não há duas iguais e por isso também não há truques ou receitas infalíveis... Há que ter muita paciência, calma e confiança de que todas as dificuldades se ultrapassarão!
Enviar um comentário