sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Pausas de mim para mim

Nem sempre é fácil conjugar todas as nossas vidas numa vida só. É verdade que enquanto seres humanos não podemos, nem queremos viver sozinhos contando apenas connosco... Mas também é certo que frequentemente temos de ser mães, pais, filhos, irmãos, tios, amigos, cozinheiros, costureiros, enfermeiros, psicólogos... E é uma angústia, sentir que para sermos tantos e darmos tanto de nós, já não sabemos bem onde paramos. Tento ser tudo de uma coisa só a cada momento. Ser eu sempre, estar em completo, ainda que de tanta forma diferente.

Enviar um comentário