quinta-feira, 30 de junho de 2016

Desenvolvimento Pessoal

Esta semana uma paciente em consulta questionou-me se como psicóloga também preciso de terapia..? Pois claro que sim! Em alguns momentos de vida podemos precisar de uma ajuda específica (em casa de ferreiro, espeto de pau...), mas ao longo de toda a nossa prática profissional deveremos olhar para a nossa pessoa como o principal instrumento de trabalho, pois só em relação se constroem as pontes para a ajuda e mudança. Procuro continuamente o que me possa melhorar como pessoa e me ajude a construir e a desenvolver. Em alguns momentos na minha própria psicoterapia, em formações, na reflexão acerca das minhas relações pessoais, na procura de equilíbrio pessoal e desenvolvimento de competências.

Reflectir continuamente e saber que as respostas vão mudando comigo ao longo do tempo:

  • Como psicóloga sou... 
  • Como psicóloga quero...
  • As minhas maiores inseguranças como psicóloga são...
  • Acho que os meus pacientes me vêem como...
  • Escolhi  e escolho ser psicóloga porque... 

Estou imensamente grata aos estagiários, estagiárias, psicólogos e psicólogas que comigo se construíram e ajudaram a que me construísse.
Enviar um comentário