Avaliação Psicológica e Psicopedagógica

A avaliação e intervenção psicológica com crianças tem algumas características específicas, uma vez que o pedido inicial é formulado, na maior parte das situações, por intermédio dos pais ou outros familiares, educadores ou professores.

O processo de avaliação decorre segundo as etapas seguintes:

1a Sessão - com os pais (ambos de preferência, ou consentimento de ambos quando não for possível a presença no primeiro momento)
  • Estabelecimento de relação terapêutica com a criança e pais
  • Caracterização do pedido inicial
  • Recolha de informações 
  • Entrega de inventários de avaliação (para contexto familiar e escolar)
  • Estruturação e agendamento do processo de avaliação e/ou intervenção  

2a e 3a Sessão - com a criança/jovem
  • Estabelecimento de relação terapêutica
  • Procedimentos de avaliação
    • entrevista
    • aplicação de provas de avaliação
      • cognitiva
      • emocional
      • psicopedagógica

4a Sessão - com os pais (ambos de preferência ou em separado se assim for solicitado)
  • Estabelecimento de relação terapêutica
  • Caracterização do desenvolvimento e contexto familiar
  • Procedimentos de avaliação (caso necessário)

5a Sessão (se for pertinente para o processo) - com o educador / professor / director de turma
  • Caracterização do processo educativo e contexto escolar
Nota: No caso de não ser possível uma articulação presencial, esta será sempre realizada de acordo com o meio alternativo preferencial do responsável (email, skype, telefone)


6a Sessão - com os pais e criança
  • Devolução dos resultados da avaliação e planificação da intervenção, definindo como foco o aconselhamento psicoeducativo para os contextos familiar e escolar

Sem comentários: